20
Set
07

De volta ao jogo | Back in the game


Este ano fiz 30 anos. Ao fim de tantos anos fora do meio, eu, como licenciado em Comunicação Social e desempregado, tomei a decisão de tentar salvar/começar a minha carreira(?)->eu já explico o ponto de interrogação. Surgiu a oportunidade de fazer um trabalho em part-time como jornalista/locutor de noticiário numa rádio local, e aproveitei. Basicamente, decidi meter o pé na porta. O trabalho não é complicado e já me apercebi que tipo de postura é que tenho de ter para trabalhar num meio tão pequeno e infelizmente minado de tricas e confusões. Daí o ponto de interrogação. Neste momento quero ganhar algum dinheiro e criar a experiência que me faltou durante muito tempo, a experiência que toda a gente quer dar mas que ninguém quer rentabilizar. Não ganho muito mas ganho mais do que certas empresas oferecem a recém-licenciados para estagiar durante 3 (curtos) meses para no fim reporem o anúncio de estágio no cargadetrabalhos.net, para no fim aquele(a) que podia ser um óptimo profissional ir trabalhar para um supermercado, ou call center. Eu sempre me recusei a isso, mas o esse tempo acabou. Agora das duas uma: ou crio um percurso como jornalista/comunicador, ou então dedico-me exclusivamente às coisas que realmente tenho necessidade de fazer, e para isso, qualquer emprego que eu tenha serve. A carreira é o que se tem quando se olha para trás. O melhor de tudo, é a perfeita consciência de que já não tenho ilusões em relação à profissão. Game on.

______________________________________________________________

I turned 30 this year. After all these years out of business as an unemployed journalist, i took the decision to try to save/start may career(?)->i’ll explain the question mark later. The opportunity came as a part-time job as a journalist/news anchor at a local radio, and i took it. Quite simply, i stuck my foot on the door. The work isn’t that complicated and i’ve realized what kind of attitude i must have to work insuch a small town but unfortunately full of malice and confusion. Hence the question mark. By now i just want to make some money and get the experience that everyone wants to give but not to profit from. I don’t make much money, but i earn more than certain companies offer to fresh-out-of-journalism-courses to train for 3 (short) months, just to kick them out and and place the training ad again. And the one kicked out that could become an excellent professional, is forced to get a job at a supermarket or a call center. I’ve always refused to do that but that time is over. Now one of two things: or do i create a way as a journalist/comunicator, or i’ll devote myself to do all the things i have the need to do, and if so, any job will do. Career is what you have when you look back.The best part is that i no longer have any sort of illusions about the job. Game on.

 


0 Responses to “De volta ao jogo | Back in the game”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


I moved | Mudei-me

140char

Sharks patrol these waters

  • 128,721 nadadores|swimmers
who's online

Add to Technorati Favorites

View my FriendFeed



Twitter

Add to Technorati Favorites Creative Commons License

Naymz | LinkedIn

View Alex Gamela's profile on LinkedIn

View Alex Gamela's page at wiredjournalists.com


Videocast

Top Clicks

  • Nenhum

a

Ouçam o meu podcast AQUI | Listen to my podcast HERE |


My del.icio.us

Use Open Source

LastFM

 

Setembro 2007
M T W T F S S
« Ago   Out »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

%d bloggers like this: