Arquivo de 4 de Dezembro, 2007

04
Dez
07

“São as histórias, estúpidos!” | “It’s all about the stories, stupids!”

Há dias recebi um simpático email de um leitor brasileiro, referindo-se ao meu post “É a história, estúpido!”. Apesar do meu objectivo inicial ser abordar a validade dos novos media para fazer aquilo que se faz há anos- contar estórias jornalísticamente e informar o cidadão comum- este email refere outro ponto, extremamente importante, do impacto do jornalismo do cidadão e das novas formas de se relatar a realidade: a alteração da agenda noticiosa.

Se até agora os meios eram controlados por grupos económicos, também a informação dada era. Um dos assuntos dados nas aulas de jornalismo é o agenda setting, ou seja, que temas é que são noticiáveis (entrando aqui os factores de noticiabilidade). A verdade é que todos os dias podemos verificar uma concordância de temas abordados nos noticiários, mas porque é que há alguns assuntos que não surgem no alinhamento mediático? Há claro questões de espaço/tempo, mas porque é que algum desse espaço/tempo é ocupado com assuntos que não são realmente do interesse público (apesar de apaixonarem a opinião pública) em detrimento de outros assuntos talvez humanamente mais importantes?

Esta é uma discussão infindável e que engloba imperativos comerciais. O que o jornalismo do cidadão e as novas tecnologias disponíveis podem trazer de novo é furar esta lógica e realmente trazer à tona os assuntos que interessam a um grande número de cidadãos, que não vêem a sua realidade retratada nos blocos informativos. O Cláudio Martins explica o que acontece na sua realidade.

Leia o texto completo aqui.

A few days ago, i got a kind email from a brazilian reader referring to my post “It’s the story,stupid!”. Although my main goal was to approach the value of the new media to do what is being done for years – tell stories journalistically and inform the common citizen- this email refers another extremely important issue about the impact of citizen journalism and the new ways to report reality: the changing of the news agenda.

If, until now, the media was controlled by economic groups, so was the information given. One of the subjects teached at journalism classes is the agenda setting, i.e., which events are news(newsworthiness factors are included). The truth is that almost everyday we can verify a concordance of issues presented in the news, but why there are some that are left out of the mediatic alignment? Of course there are matters of time/space, but why does some of that time/space is taken with subjects that aren’t really of public interest (though they passionate the public opinion) in prejudice of issues problaby more humanely important?

This is a neverending discussion and that includes commercial imperatives. What citizen journalism and the new media can concur with is to baffle this logic and really bring to surface the issues that matter to a large number of citizens , that can’t see their reality portrayed in the news. Cláudio Martins explains what happens in his reality.

 

 

Read more here.

Continue a ler ‘“São as histórias, estúpidos!” | “It’s all about the stories, stupids!”’




I moved | Mudei-me

140char

Sharks patrol these waters

  • 121,683 nadadores|swimmers
who's online

Add to Technorati Favorites

View my FriendFeed



Twitter

Add to Technorati Favorites Creative Commons License

Naymz | LinkedIn

View Alex Gamela's profile on LinkedIn

View Alex Gamela's page at wiredjournalists.com


Videocast

a

Ouçam o meu podcast AQUI | Listen to my podcast HERE |


My del.icio.us

Use Open Source

LastFM

 

Dezembro 2007
S T Q Q S S D
« Nov   Jan »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.